Como configurar roteador TP Link: Passo a passo


Confira o passo a passo de como configurar roteador TP Link através do site ou do seu celular

| 20 de dezembro de 2018 | 0 Comentários
Como configurar roteador TP Link: Passo a passo

O roteador é uma ferramenta fundamental para o funcionamento da internet via Wi-Fi, sem ele, a conexão não pode ser redistribuída para outros equipamentos do ambiente. Porém, muitas pessoas têm dificuldades na instalação, por isso vamos ensinar como configurar roteador TP Link.

As pessoas costumam comprar um novo roteador para melhorar a qualidade do sinal e acabam não conseguindo instalar o equipamento corretamente, com os passos que vamos mostrar, você conseguirá configurar o roteador com o nome e senha de sua preferência.

A TP Link é uma das marcas mais famosas de roteadores, e a configuração costuma ser bem simples, mas para quem não conhece alguns termos da web. Essa marca permite ainda a possibilidade de configuração através do celular.

Passo a passo de como configurar roteador TP Link pelo site

Embora sejam da mesma marca, nem todos os roteadores possuem o mesmo painel de configuração, mas as diferenças, caso ocorram, são mínimas e o método de configuração continua sendo o mesmo.

Primeiramente, você deve olhar uma etiqueta na parte de baixo do roteador onde vai constar o endereço de IP para a configuração. Geralmente, o número é 168.1.1, mas em alguns casos raros, pode ser diferente.

Olhe também o login e a senha para acessar a página de configuração do roteador, costuma sempre ser “admin – admin” respectivamente. Porém, é possível que seja diferente.

como configurar roteador tp link

(Foto: Zoom)

Com esses dados em mãos (IP e login), abra seu navegador de internet e digite o número de IP na barra de endereços (168.1.1). Uma caixa de diálogo irá surgir, pedindo login e senha, escreva “admin” nos dois campos e dê enter.

Ao configurar um roteador TP Link, normalmente uma tela com plano de fundo verde irá aparecer. No canto superior esquerdo, vai estar escrito “Passo a passo”, clique nessa opção. Nas versões de fábrica em inglês, estará escrito “Quick Setup”.

Ao clicar em “Passo a passo”, as telas de configurações básicas aparecerão em sequência, você deve modificar:

  • Tipo de conexão WAN: deixe na opção detectar
  • Clonar MAC: coloque a opção NÃO
  • Nome da rede (nessa opção insira o nome que você deseja que apareça na rede Wi-fi)
  • Canal (a recomendação é deixar no automático, mas se quiser, você pode escolher um)
  • Segurança (selecione a opção WPA-PSK/WPA2-PSK)
  • Senha ou Chave de Rede (escreva a senha de sua escolha para se conectar na rede Wi-fi)

OBS: A sequência de configuração pode não ser exatamente essa, mas os dados a serem instalados são os mesmos.)

Quando todos os passos forem finalizados, clique em avançar. Você precisará reiniciar o roteador para que as mudanças sejam aplicadas, geralmente reinicia sozinho, mas caso não, faça manualmente.

Após ligar de novo, as configurações estarão valendo, e basta inserir a senha cadastrada para se conectar na internet através do Wi-fi. Como você pode ver, configurar roteador TP Link não é tão complicado.

OBS: Todos esses passos também funcionam para a configuração através de seu celular, basta se conectar ao Wi-Fi antes de começar a instalação.

Como configurar roteador TP Link pelo celular

Como dissemos no método anterior, a instalação pode ser feita através do celular, seguindo os mesmos passos citados acima, porém, se você possuir o dispositivo móvel, existe uma maneira mais fácil.

Esse método também pode ser feito por você que não conseguiu ou não soube como configurar roteador TP Link pelo site. A primeira coisa a se fazer é se conectar na rede WI-Fi (já que ainda não foi configurado, não possui senha).

Entre na loja de aplicativos Android (Playstore) ou Apple, baixe um aplicativo chamado Tether. Esse aplicativo foi criado especificamente para fazer a configuração do roteador TP Link.



Depois de instalar, abra e siga as instruções passadas pelo aplicativo, geralmente serão coisas muito simples, e em poucos cliques, seu roteador estará configurado.

Caso você prefira, existem dezenas de opções de aplicativos que fazem a configuração do seu Wi-Fi através do celular. Eles funcionam como uma espécie de navegador, mas exclusivo para acessar a página de configurações de seu roteador.

A principal vantagem desses aplicativos é que funcionam com praticamente todas as marcas de roteador presentes no mercado, o IP Tools: WiFi Analyser é um dos mais famosos da categoria.

Com sua interface intuitiva, ajuda bastante na configuração de sua internet, além de conseguir analisar e consertar problemas na rede. Com todas essas dicas, você com certeza saberá como configurar roteador TP Link, e de outras marcas também.

Se você já possui um roteador e quer modificar as configurações, o processo é o mesmo, porém, ao invés de colocar na opção “Passo a passo” clique diretamente na opção que você deseja alterar.

Por exemplo, se você quiser mudar apenas a senha, clique em “Wirelles”. Algumas opções irão aparecer, dentre elas “Senha” ou “Segurança”. Clique, faça a alteração, salve as modificações e depois reinicie o roteador.

Como configurar roteador TP Link repetidor WDS

Veja a seguir como configurar qualquer roteador TP Link função Repetidor WDS através do tutorial do Max Dicas:

Conheça as verdades e os mitos sobre roteadores

Veja abaixo alguns mitos e verdades sobre roteadores para se manter informado:

Frequência 5.0 Ghz é mais rápida do que a 2.4 Ghz

Muitas pessoas pensam que como a frequência 5.0 Ghz possui um número maior do que a de 2.4Ghz, ela é mais rápida, mas isso é um grande mito. A frequência mais alta não trata sobre a velocidade da conexão, e sim da estabilidade.

Roteadores com a frequência 5.0 Ghz são recomendados para ambientes onde existe um alto número de conexões simultâneas na rede (acima de 40), essa frequência faz com que a rede suporte esse número e não caia.

Colocar o roteador no chão melhora o sinal

Isso é um mito, para que tenha um sinal melhor, o roteador precisa estar em um local livre de objetos, sem estar cercado. Por isso a melhor opção é deixar ele no alto, assim há mais espaço para a expansão.

Quanto mais antenas, maior o alcance do sinal

Esse pensamento também está errado. Muitas pessoas compram um roteador com muitas antenas na esperança de que o sinal alcance locais maiores. As antenas possuem na verdade, uma função de estabilidade.

Quanto mais antenas, melhor dividido será a conexão, evitando que caia, e trazendo uma velocidade maior.

Aposto que agora você já entendeu melhor como esses aparelhos funcionam, e também já aprendeu como configurar um roteador TP Link. Coloque em prática esse seu aprendizado e instale seu roteador!



Avalie esta matéria!

Categoria: Letra r

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*